Mitos e Verdades sobre Caspas !!!

18 jun

Pessoal tudo bem?

Hoje iremos falar sobre caspas, uma vilã nesse inverno.
Vocês descobrirão o que é verdade e o que é mito neste post.

Então vamos lá:

Existem três fatores que podem facilitar a presença da doença, que são:

Genética (um tendência congênita)
Sebo (óleos presentes, que servem de alimentos para os fungos)
Fungo (que se desenvolve em condições favoráveis)

Entre outros motivos como: alterações hormonais, estresse, clima seco, etc.

Escova progressiva pode provocar o surgimento da caspa. 

MITO: O produto é bastante forte para o couro cabeludo, portanto pode haver uma irritação. Essa irritação causa descamação da região, que pode ser confundida com a caspa. O couro cabeludo também pode inflamar, porque a irritação, a vermelhidão ou a coceira podem diminuir a resistência da pessoa, levando a um processo inflamatório.

A caspa pode ser combatida simplesmente com o uso de xampus. 

DEPENDE: Vai depender do grau de intensidade da doença. Quadros mais leve pode ser tratado com o uso de xampus e condicionadores anticaspa com sucesso. Em casos mais avançados, é essencial a consulta a um especialista, para que ele avalie e recomende o melhor tratamento para combater o problema.

Pessoas com cabelo oleoso têm maior probabilidade de desenvolver o problema.

VERDADE: O cabelo oleoso, por produzir uma quantidade maior de óleo, é propício para o aparecimento da doença. Ainda que o problema esteja associado ao couro cabeludo oleoso, indivíduos com o cabelo seco podem ter caspa quando houver predisposição genética e forem submetidos a estresse, uso de remédios, entre outros fatores.

A falta de higiene pode desencadear a condição.

MITO: A falta de higiene não é um fator condicionante para que apareça a caspa. No entanto, a falta de higiene da pessoa pode estimular a produção de oleosidade, um dos principais fatores associados ao desenvolvimento da doença.

 A caspa é contagiosa.

MITOEla não é contagiosa, pois o surgimento da condição depende da predisposição individual e de outros fatores combinados (estresse, cansaço, mudança de temperatura, excesso de oleosidade)

A caspa pode gerar calvície.

DEPENDEA caspa não é responsável pela calvície. A calvície está associada à predisposição genética. No entanto, a inflamação constante do couro cabeludo, como a provocada pela caspa, coopera para o agravamento da calvície.

Não há cura para a caspa.

VERDADEInfelizmente, a caspa só pode ser controlada e o tipo de tratamento varia conforme a gravidade do problema. De acordo com Denise, casos mais severos devem ser tratados sob a orientação de um dermatologista. Quadros mais leve pode ser controlado com o uso regular de um sistema de tratamento que alie xampu e condicionador específicos. Com o tratamento adequado, há casos em que a caspa fica anos sem aparecer.

A mulher que tinge o cabelo não tem caspa.

DEPENDEA tintura de cabelo costuma ressecar o couro cabeludo, diminuindo a produção do sebo. Por um lado, isso, de forma indireta, pode melhorar o quadro da doença em pessoas predispostas a ela, já que o fungo Malassezia globosa se beneficia de um couro cabeludo oleoso. Por outro lado, a tintura pode provocar irritação no local, levando a descamação, vermelhidão e irritação da região. Mas isso não pode ser confundido com a doença.

 

Entrevista do site/www.portaldamaquiagem.com.br

Anúncios

4 Respostas to “Mitos e Verdades sobre Caspas !!!”

  1. Emilze Cafrune Vieira 18/06/2011 às 08:52 #

    Nossa , quanta informação boa e interessante que a gente nunca soube no dia a dia né?
    Dessa eu tô livre, ainda bem, né?
    Abração!

  2. Dayanna Vieira Baliana 18/06/2011 às 09:54 #

    Ui! Como eu sofro com essa inimiga.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: